DEPOIS DE PRESSÃO PREFEITURA DE BELMONTE ANUNCIA REPASSE DA VERBA DA LEI PAULO GUSTAVO

BELMONTE
Spread the love

Após meses de espera e intensa pressão das entidades culturais de Belmonte, finalmente há uma luz no fim do túnel. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo anunciou que os repasses dos recursos da Lei Paulo Gustavo serão realizados no próximo dia 10 de Maio. Essa medida vem após uma longa espera e indignação por parte das entidades, que viram os recursos, no valor de R$ 240.389,01, serem retidos desde julho do ano passado. O atraso gerou frustração e revolta, agravadas pela falta de transparência e de explicações plausíveis por parte da prefeitura.

Demora na liberação gera prejuízo e indignação:
Segundo dados do Ministério da Cultura, os recursos retidos renderam cerca de R$ 16 mil apenas em juros, evidenciando o prejuízo causado pela demora na liberação dos recursos. A situação foi ainda mais angustiante para as entidades culturais, que viram suas atividades comprometidas devido à falta de verbas.

Falta de transparência e “jogo de empurra” na Prefeitura:
Os representantes das entidades culturais foram até a Prefeitura de Belmonte esta semana em busca de respostas sobre o atraso nos repasses. No entanto, foram confrontados com um “jogo de empurra” entre o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Júnior Paladino, e a Secretária Municipal de Finanças, Eunice Borges. A falta de transparência e a ausência de explicações plausíveis aumentaram a frustração dos envolvidos.

Questionamentos sobre os motivos do atraso:
Enquanto isso, apoiadores do Prefeito Bebeto Gama nas redes sociais atribuem o atraso aos trâmites burocráticos da gestão. No entanto, a falta de comunicação clara por parte da Prefeitura levanta questionamentos sobre a real razão por trás do adiamento dos repasses.

Expectativas para o futuro:
Diante desse cenário, as entidades culturais aguardam ansiosamente pelo cumprimento do compromisso assumido pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, esperando que o próximo dia 10 de Maio marque o fim dessa saga de incertezas e frustrações. Espera-se que os recursos finalmente cheguem às mãos dos beneficiários para impulsionar a cultura local e garantir o desenvolvimento das atividades culturais em Belmonte.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *