Crise no PT de Belmonte: Disputa Interna Abala Candidatura de Luluca da Ambulância à Prefeitura

BELMONTE POLÍTICA
Spread the love

Uma bomba política abalou o Partido dos Trabalhadores (PT) em Belmonte, com revelações explosivas sobre uma crise interna que pode comprometer a possível candidatura do Presidente Luluca da Ambulância à prefeitura. Em uma entrevista exclusiva concedida a reportagem  do site Belmonte news, Igor Bozetti, vice-presidente do diretório municipal do partido, expôs as profundas divisões que estão dilacerando a sigla.

Segundo Bozetti, o PT parece inclinado a apoiar o pré-candidato Iêdo Elias, em vez de Luluca da Ambulância. A decisão teria sido tomada unilateralmente pelo presidente Márcio, sem consultar o diretório municipal do partido, e isso tem causado uma revolta generalizada entre os membros do PT em Belmonte.

A falta de consulta democrática e a imposição do nome de Luluca como candidato têm gerado descontentamento e questionamentos sobre a legitimidade dessa escolha. Uma parte significativa dos afiliados do partido se mostra contrária à candidatura de Luluca, argumentando que ele não é um candidato de consenso e ainda precisa conquistar apoio dentro do PT municipal.

Essa resistência interna pode enfraquecer a eventual campanha eleitoral de Luluca da Ambulância e abrir espaço para que o pré-candidato Iêdo Elias se consolide como representante do partido do Presidente Lula e do Governador Jerônimo Rodrigues.

Diante dessa crise sem precedentes, o PT de Belmonte se vê em uma encruzilhada política, com o destino de sua candidatura à prefeitura pendendo na balança da discordância interna e da falta de unidade partidária.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *